Maria Padilha
 


Maria Padilha - nome que significa Rainha do Fogo é uma entidade do quimbanda.

Ela já teve várias encarnações na Terra, e a última delas foi a Ilhéus na Bahia.

Nesta sua última encarnação, ela era uma espanhola que veio para o Brasil, morar em Ilhéus na Bahia e foi morta na porta de um cabaré. Todos os homens que ela teve, em cada uma das encarnações, num total de sete, estão com ela na espiritualidade.

Há uma profecia que conta que no ano 2000, Maria Padilha, a rainha das rainhas vai pisar nos Orixás. Os Orixás vão reverenciá-la, pois a sua missão é de converter o homem que ela ama (Lúcifer, anjo das trevas) para a luz. Eles vão entrar na casa de Deus ambos de branco. Ela sentará ao lado de Jesus Cristo e ele aos pés de Cristo. Maria Padilha salvará 7000 almas e entregará as chamas do inferno mais 7000 almas.

Seus "Trabalhos" prediletos são na área do amor, a maioria dos trabalhos amorosos do Templo, são feitos através de Maria Padilha das Almas.